COVID 19 – 5 recomendações para manter a segurança durante a consulta

A pandemia provocada pelo COVID-19, conhecido como coronavírus, está refletindo em uma série de mudanças em nossa sociedade. Novos hábitos são essenciais para conter sua disseminação e isso inclui cuidados redobrados nos consultórios médicos. Confira abaixo cinco recomendações para você, paciente, manter a sua segurança e dos demais profissionais de saúde ao seu redor durante a consulta.
consulta-medica-3226337103-1591286615480


1) Use a máscara sempre
Vá a consulta sempre utilizando a máscara. Para que a máscara ofereça proteção adequada é preciso cobrir totalmente o nariz, a boca e o queixo. Evite colocar as mãos sobre ela e lembre-se também que este é um equipamento de proteção individual, portanto não deve ser compartilhado. 

2) Seja pontual
Chegar no horário pode evitar aglomerações na espera da sua consulta. Da mesma forma, chegar muito antes não é recomendado para não acumular pessoas em ambientes que não possuam o espaço físico adequado para um distanciamento de 2 metros, recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

3) Higienize as mãos ao chegar
Lavar as mãos com frequência com água e sabão ou higienizá-las com álcool em gel 70% é um dos hábitos importantes para conter a disseminação do vírus. Faça isso ao chegar e sair da sala de espera e consultório. Normalmente estes ambientes disponibilizam álcool em gel para seus pacientes e funcionários.

4) Se possível, vá à consulta sozinho
Se puder, evite ir acompanhado de pessoas para a consulta. Isso pode causar a exposição de outros usuários e o aumento da aglomeração de pessoas. Se você possui alguma dificuldade de locomoção ou é imprescindível um acompanhante, avalie com o seu médico se é possível pedir para o seu acompanhante acompanhá-lo somente na chegada e na saída, até certo ponto, e peça ajuda da equipe da clínica ou consultório.

5) Atenção ao sentir sintomas
Se você sentir qualquer sintoma, ligue imediatamente para o consultório e avise para remarcar sua consulta. É importante, nestes casos, evitar que outras pessoas possam ser expostas ao vírus. Os sintomas mais comuns são parecidos com o de um resfriado e incluem febre, tosse e dificuldade para respirar. Perda de olfato e paladar também estão entre os sintomas. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Fale conosco

Possui alguma dúvida? Basta entrar em contato com a gente. 

Obs: após o envio da sua solicitação nossa equipe entrará em contato para confirmar a disponibilidade do dia e horário pretendido.